Dada a sua popularidade e importância para o desenvolvimento de processos de negócios, é provável que você já tenha ouvido falar de logística inbound e outbound.

A logística inbound envolve o controle das matérias-primas utilizadas na fabricação de produtos, enquanto a logística outbound trata da cadeia de distribuição dessas mercadorias.

Entender esses conceitos é muito importante para melhorar as operações logísticas de uma empresa. Pensando nisso, preparamos este conteúdo para apresentar tudo o que você precisa saber sobre o tema. Acompanhe!

Homem conferindo mercadorias na logística inbound

O que é logística inbound?

A logística inbound pode ser entendida como uma série de etapas que envolve: negociação, aquisição de matérias-primas, entrega desses materiais às fábricas e produção de produtos.

Resumidamente, faz parte dessa prática:

  • O transporte das matérias-primas até à fábrica;
  • O recebimento das mercadorias no estoque ou centro de armazenamento;
  • Conferência de documentos fiscais eletrônicos;
  • Envio dos itens para o setor produtivo, que será responsável pela fabricação do produto final.

Vale ressaltar que além dessas atividades, outras são igualmente importantes para o sucesso da operação logística inbound. Escolher bons fornecedores é um exemplo.

Da mesma forma, a qualidade dos materiais recebidos deve ser verificada. Essa é a única maneira de garantir que insumos de alta qualidade sejam usados na produção.

Ainda em dúvida? Veja um exemplo prático de como funciona:

Em uma fábrica de bicicletas, o papel do departamento de logística inbound é garantir que a equipe de produção receba todas as peças necessárias para a montagem do produto.

Importância da logística inbound ou logística de entrada

A logística inbound é uma parte essencial do processo de fabricação de mercadorias. Como dissemos, ela é responsável por garantir a qualidade dos materiais utilizados na fabricação do produto final e assegurar que todas as matérias-primas cheguem no prazo.

Afinal, se um dos insumos de produção ficar indisponível, toda a produção é interrompida até a chegada do material, o que pode causar grandes prejuízos à indústria.

Caminhões saindo para a entrega na logística outbound

O que é logística outbound?

A logística outbound trata da operação responsável pela distribuição do produto acabado ao consumidor final. Os fabricantes geralmente terceirizam esse processo, contratando transportadoras, ou usam seus próprios centros de distribuição.

Assim, podemos dizer que faz parte dessa prática:

Veja seu funcionamento na prática:

Uma vez recebido o produto acabado, a equipe responsável pela logística outbound contrata ou utiliza frota própria para enviá-lo ao consumidor. Porém, antes disso, planeja a rota para que possa ser monitorada e garantir que a mercadoria seja entregue no prazo.

Importância da logística outbound ou logística de saída

A logística outbound é importante não apenas para garantir que os produtos cheguem ao destino final no prazo, mas também para estreitar o relacionamento da empresa com seus clientes. A entrega no prazo ou mesmo antes do previsto pode mudar completamente a forma como os consumidores percebem sua organização.

O contrário também pode acontecer: atrasos na entrega do produto prejudicam a imagem da sua empresa no mercado.

Qual a diferença entre logística inbound e outbound?

A logística inbound e logística outbound operam de forma complementar. No entanto, cada prática está envolvida no processo logístico em momentos diferentes. As principais diferenças entre elas são mostradas no quadro abaixo. Veja:

Logística inbound Logística outbound
Preocupa-se com a aquisição de matérias-primas, insumos ou produtos para a revenda Centra sua atividade na distribuição dos produtos finalizados ou de insumos para outras empresas
Verifica o estoque de insumos Acompanha a entrega de produtos
Seleciona fornecedores Foca no prazo de entrega de produto ao cliente
Recebe e confere documentos fiscais Emite documentos fiscais e preocupa-se com a manutenção da frota
Confere matérias-primas Calcula custo de entrega
Monitora a entrega de insumos Cuida da troca e devolução de produtos
Verifica o comprometimento dos fornecedores Verifica a satisfação dos clientes

Como melhorar os processos de logística inbound?

Algumas práticas podem ser utilizadas para otimizar o processo logístico inbound. Conheça algumas:

Contrate fornecedores confiáveis

Contrate fornecedores que cumpram os prazos acordados. Pensar somente no custo é um erro comum e que pode custar muito caro, pois nem sempre o fornecedor mais barato conseguirá atender aos prazos de entrega, e nesse caso, sua produção precisará ficar parada.

Além disso, é necessário também avaliar a qualidade do material entregue, como parte do processo de logística inbound.

Organize o processo logístico

O trabalho logístico exige organização por ser uma atividade em cadeia, ou seja, um departamento depende normalmente do outro para funcionar de forma eficaz.

Por exemplo, se os insumos adquiridos não chegarem no prazo, o departamento de produção é afetado, prejudicando, consequentemente, o setor responsável pela entrega da mercadoria ao cliente final.

Adote tecnologia especializada

Um dos processos que pode ser bastante trabalhoso é o de conferência das notas fiscais eletrônicas emitidas pelos fornecedores sem um software.

Adotando uma plataforma que automatiza o recebimento desses documentos, o tempo despendido para essa atividade pode ser utilizado para outras tarefas.

Outra forma de automatizar processos é utilizar um aplicativo para facilitar a conferência de mercadorias. Com o App ConexãoNF-e Móvel, você pode:

  • Conferir as NFs de mercadorias diretamente no celular;
  • Adicionar marcadores e anotações para informar o setor fiscal quando uma mercadoria for recebida, liberada ou rejeitada;
  • Conferir informações com código de barras ou número da nota fiscal de entrada e muito mais.

Como melhorar os processos de logística outbound?

A atividade mais importante no processo de logística outbound é o da entrega final ao cliente, portanto, esse processo deve ser priorizado.

Atualmente existem algumas plataformas que auxiliam no planejamento de rotas. Ao usar essa solução, é possível aumentar a produtividade, diminuir os custos com combustível e otimizar as entregas e até reduzir o prazo de entrega do produto ao cliente final.

Equipe fazendo a conferência de mercadorias no pátio da empresa

Conclusão

Podemos perceber que a logística inbound e outbound fazem parte do mesmo processo logístico. O primeiro é mais focado no recebimento de insumos e gestão de fornecedores, enquanto o segundo se preocupa com a entrega ao cliente final, rotas e prazos.

Se você gostou desse artigo, então talvez se interesse em saber como otimizar o recebimento de mercadorias.

Você também pode gostar

Receba conteúdos sobre gestão fiscal por e-mail! Se inscreva na nossa newsletter e fique por dentro das novidades do Blog ConexãoNF-e
Receba, armazene, e gerencie documentos fiscais eletrônicos com agilidade e segurança
Imagem ilustrativa do sistema da ConexãoNF-e