A Nota Fiscal do Consumidor eletrônica (NFCe) já é realidade em quase todos os estados brasileiros. Porém, ainda hoje existe a dificuldade por parte das empresas em consultar a NFCe emitida, principalmente quando o processo de armazenamento falha.

receba nfe e cte

No artigo de hoje você verá um tutorial de como e onde consultar uma NFCe emitida pela sua empresa, contato das principais SEFAZ para consulta manual, e quais são os melhores meios para armazenar o documento. Confira!

Por que é importante armazenar a NFCe?

A NFCe é um documento fiscal que comprova a compra de mercadorias. Seu formato de arquivo é em XML, assim como acontece com a NFe, e portanto, a nota fiscal do consumidor eletrônica também precisa ser armazenada conforme a lei.

Por ser um documento emitido pela sua empresa, a melhor forma de guardar e consultar uma NFCe é automatizando os processos da sua empresa, deste modo, assim que a nota for emitida ela será automaticamente armazenada no seu sistema ou software especializado.

Quando o documento entrou em vigor em Santa Catarina, lançamos um eBook especial sobre o assunto, que pode ajudar empresas de todas as regiões. Baixe agora mesmo, é grátis!

Tutorial: como consultar uma NFCe emitida pela sua empresa

1. Acesse o site da SEFAZ do seu estado

Se você não utiliza nenhum meio de armazenamento da NFCe, precisará fazer a consulta na Secretaria da Fazenda. Você pode conferir o site dos estados logo abaixo:

O site de algumas regiões pode apresentar instabilidades. Por isso, o mais recomendado é contar com um software de armazenamento como o da ConexãoNF-e, para não depender da disponibilidade da SEFAZ.

2. Preencha os campos necessários

Na grande maioria dos estados, basta digitar a chave de acesso do documento, e resolver um captcha. Porém, há situações como no Distrito Federal, em que é preciso primeiro fazer um cadastro e efetuar login na plataforma, para só então ter acesso ao serviço de consulta.

3. Consulte a NFCe

Depois destes passos, a nota fiscal do consumidor estará disponível para visualização. Alguns estados só permitem o acesso ao documento simplificado, isso acontece porque a SEFAZ entende que como foi você quem emitiu o documento, já deve ter armazenado no momento de emissão.

Como consultar NFCe de forma automatizada

É possível, sim, consultar a NFCe de forma automatizada na sua empresa, sem precisar da chave de acesso e com toda a listagem de notas emitidas em uma única tela. Porém, isso deve ser preparado com antecedência, ou seja, a guarda é feita na hora da emissão.

Um software que faz o armazenamento automatizado de NFCe é o da ConexãoNF-e, veja como funciona o processo:

  1. a NFCe é emitida pela sua empresa;
  2. o software da ConexãoNF-e captura a nota do seu sistema, via integrador ou pasta integrada;
  3. a NFCe será armazenada automaticamente no Portal da ConexãoNF-e, onde ficará disponível para consulta por no mínimo 5 anos, com todas as informações em segurança na nuvem.

Portanto, após contratar ConexãoNF-e e integrar ao seu sistema, basta acessar a solução para ter acesso à todos os documentos de forma centralizada, e ainda poderá gerar relatórios personalizados das notas fiscais de consumidor emitidas.

Mais vantagens de automatizar a rotina fiscal com ConexãoNF-e

Além de fazer a guarda de NFCe, o software da ConexãoNF-e também recebe NFe, NFSe e CTe emitidos contra a sua empresa, direto da SEFAZ e prefeituras, e armazena estes documentos.

Isso proporciona muito mais agilidade e produtividade nos processos fiscais, pois não é preciso depender da consulta manual com chave de acesso, e a tela de documentos recebidos e emitidos é amigável e intuitiva:

Tela ConexãoNF-e

Ainda, a solução conta com diversas funcionalidades que garantem uma gestão segura e eficiente de documentos fiscais eletrônicos. No portal é possível:

  • Fazer o Manifesto do Destinatário e Desacordo do CTe, inclusive em lote;
  • Baixar XML, DANFE e DACTE, inclusive em lote;
  • Gerar relatórios personalizados para apurar impostos;
  • Utilizar filtros e marcadores inteligentes, criando um fluxo de gestão;
  • Gerenciar diversos usuários e CNPJs em uma só conta;
  • Importar XML no ERP automaticamente, até 80% mais rápido.

Ficou interessado na solução? Comece agora mesmo um teste gratuito e sem compromisso. Importante: a solução é conectada à SEFAZ, portanto, só funciona com o uso de um Certificado Digital.

Você também pode gostar

Receba conteúdos sobre
gestão fiscal por e-mail!

Receba, armazene, e gerencie documentos fiscais eletrônicos com agilidade e segurança

Imagem ilustrativa do sistema da ConexãoNF-e